Aprenda como evitar o nervosismo em uma entrevista de emprego

O nervosismo é comum durante as entrevistas de emprego. O entrevistador sabe disso e pode usar isso para conhecer melhor o candidato. Por outro lado, o candidato pode estar bem preparado e conseguir se sair bem.

Agora, entenda que estar bem preparado não é simplesmente não ficar nervoso. Mas, dá para controlar esse nervosismo ou, simplesmente, fazer o efeito rebote: e usar isso ao seu favor. Vamos explicar mais, acompanhe.

Reconhecendo o nervosismo

A primeira coisa, e a mais importante, é reconhecer o nervosismo como parte do todo. Assim como você está feliz de ser chamado para a entrevista de emprego também pode sofrer com o nervoso.

Se você sabe disso, ótimo, ponto para você.

Agora, para além de reconhecer, também é preciso entender como isso pode te atrapalhar ou te ajudar durante a entrevista. O nervosismo pode te fazer ter alguns efeitos colaterais, como falar bobagens, chorar, suar frio.

Então, é aqui que mora o perigo.

Use a arte do improviso

Esse talvez seja o melhor meio que você vai encontrar para driblar o nervosismo. Improvisar é algo muito comum para atores e para quem estuda o teatro. Só que nem todo consegue entender isso.

E quanto mais criativo você for, melhor você poderá sair dessa situação.

Por isso, se o entrevistador perceber que você está nervoso e perguntar isso, jamais queira mentir. Esse é o primeiro indício de que você poderá mentir em outras situações também.

A arte do improviso não é mentir, mas saber lidar com a situação de forma um tanto quanto “engraçada”. No caso da pergunta, responda que sim e use a sua criatividade, como para falar “sempre que eu fico nervoso é porque eu sinto que algo importante vai dar certo”.

Evite os pensamentos negativos

Independente do que te levou a ficar nervoso, saiba que os pensamentos negativos só vão piorar isso.

Portanto, sempre evite-os. Não ache que você não tem sorte na vida ou que nada dá certo para você. inclusive, evite falar disso para o seu entrevistador.

Tenha pensamentos positivos, seja leve, educado. Foque no que pode dar certo. E, independente do momento ou do que aconteça, sempre vai ter um lado bom na história. É nisso que você deve focar: no lado bom da história.

Tente se lembrar dos momentos bons

Outra coisa que pode acentuar o seu nervosismo é ficar lembrando dos momentos ruins que te fizeram passar nervoso anteriormente. Isso só vai piorar tudo.

Tente se lembrar de coisas boas, de viagens, de passeios, de tudo mais que te faz feliz, inclusive, a sua família.

Não é porque algo deu errado na sua vida que isso vai acontecer de novo. Mas, quando você foca em coisas boas, em momentos bons, você vê que é capaz de repetir tudo aquilo, de uma forma ou de outra.

E isso te deixa mais bem preparado para ser uma pessoa que vai transmitir coisas boas para a empresa.

Reconheça e uso os seus pontos fortes

Por fim, considere que quanto mais à vontade você tiver na entrevista, menos nervoso vai ficar. Por isso, se conheça e saiba o que pode vir a seu favor.

Para tanto, estude a empresa com antecedência e saiba reconhecer de que forma você poderá ajudar a empresa a crescer. Quais as suas habilidades para isso?

Com isso em mente, você terá argumentos para negociar uma boa conversa durante a entrevista.